Cineconchas 2022

Jun 29, 2022

É já no próximo dia 30 de junho, quinta-feira, que regressa um dos eventos mais acarinhados das festas da cidade de Lisboa, após um hiato provocado pela situação pandémica que assolou todo o Mundo e impediu a realização do evento nos anos de 2020 e 2021.
O CineConchas, mostra de cinema ao ar livre que decorre de forma anual na Quinta das Conchas – na Alta de Lisboa, Lumiar – regressa para a décima terceira edição a partir de 30 de junho.

Todas as quintas, sextas e sábados até 16 de julho, sempre às 21h45 e com entrada livre, o CineConchas 2022 promete regressar em força, trazendo de volta noites inesquecíveis e momentos emotivos em ecrã gigante num dos melhores e mais agradáveis espaços verdes da capital.

Programação:

– Quinta-feira, 30 de junho: “Mais Uma Rodada”, de Thomas Vintenberg
– Sexta-feira, 1 de julho: “Duna”, de Denis Villeneuve
– Sábado, 2 de julho: “Os Mauzões”, de Pierre Perifel
– Quinta-feira, 7 de julho: “O Bom Patrão”, de Fernando León de Aranoa
– Sexta-feira, 8 de julho: “Belfast”, de Kenneth Branagh
– Sábado, 9 de julho: “Ambulância – Um Dia de Crime”, de Michael Bay
– Quinta-feira, 14 de julho: “A Belle Époque”, de Nicolas Bedos
– Sexta-feira, 15 de julho: “A Odisseia dos Tontos”, de Sebastián Borensztein
– Sábado, 16 de julho: “Os Croods: Uma Nova Era”, de Joel Crawford

A programação do CineConchas 2022 foi novamente desenvolvida em torno de dois pontos principais que moldaram a origem deste evento, a maior manifestação de cinema ao ar livre que se leva a cabo no país:

– Ser um ponto de encontro de toda a comunidade do Lumiar e Alta de Lisboa, e extensivamente da Grande Lisboa, integrando assim todo o tipo de públicos, de todas as idades;
– Mostrar cinema de qualidade, apresentando diversidade de géneros e estilos cinematográficos e contribuindo para a discussão de temas e assuntos de relevância prática para os frequentadores.

O conjunto de filmes selecionados inclui êxitos de público e da crítica, produções de vários géneros e de diversas nacionalidades.

A primeira sessão deste regresso à atividade, a 30 de junho, traz o drama cómico “Mais Uma Rodada”, de Thomas Vintenberg.

Após receber críticas de pais e alunos pelo seu semblante velho e cansado e o consequente efeito na sua forma de ensino, Martin, um professor do ensino secundário, decide embarcar numa experiência junto dos seus três colegas. A experiência consiste em ensinar sob o efeito constante do álcool no organismo, para depois avaliar se o resultado final se traduz em maior satisfação por parte dos alunos. A evolução da experiência varia entre os quatro colegas de forma diferente e convida a refletir acerca de temas como a amizade, a liberdade e, claro, o álcool. Venceu o Oscar de Melhor Filme Internacional, assim como o BAFTA na categoria de Best Film Not in the English Language, entre outros. O filme conta ainda com 73 nomeações de outras categorias.

No dia seguinte, 1 de julho, é a vez de “Duna”, de Denis Villeneuve.

Baseado no romance homónimo de Frank Herbert, “Duna” conta a história de Paul Atreides, um jovem brilhante e dotado de extraordinária inteligência cujo desafio é encetar uma jornada rumo ao planeta mais perigoso do Universo, Arrakis. Este planeta contém um exclusivo fornecimento de algo que poderá assegurar o futuro da família e restante comunidade envolvente de Paul. Repleto de ação e aventura, o filme leva o espectador a embarcar na
perigosa viagem, numa demonstração de sci-fi como nunca antes vista. O filme foi galardoado com 6 Prémios Oscar na categoria de Melhor Som, Melhores Efeitos Visuais, Melhor Design de Produção, Melhor Trilha Sonora (atribuído ao compositor Hans Zimmer), Melhor Edição e Melhor Cinematografia em 2022, contando com 160 outros prémios e ainda 270 nomeações. É verdadeiramente um filme a não perder nesta edição do CineConchas 2022.

O último dia da primeira semana, 2 de julho, traz “Os Mauzões”, de Pierre Perifel.

Baseado na homónima série de livros infantis, “Os Mauzões” relata a história do gangue histórico e lendário composto pelo Sr. Lobo, Sr. Cobra, Sr. Piranha, Sr. Tubarão e Sra. Tarântula. Finalmente capturados e na tentativa de evitar uma sentença de prisão, os criminosos encaram agora aquele que será provavelmente o seu golpe mais difícil: tornarem-se cidadãos-modelo. Com a ajuda do seu mentor, o Professor Marmelada, os bandidos estão determinados a provar que a opinião do mundo está errada a seu respeito.

No início da segunda semana da edição, no dia 7 de julho, será a vez de “O Bom Patrão”, de Fernando León de Aranoa.

Na iminência da inspeção feita a negócios locais por parte de uma delegação, Blanco, representado pelo ator Javier Bardem e o executivo da fábrica Blancos Básculas, está na calha para receber o prestigiado prémio resultante dessa mesma inspeção. Eis que entra em cena José, funcionário que foi recentemente despedido da empresa, exigindo a sua restituição. Após ver o seu pedido rejeitado, José enceta uma caminhada vingativa com o objetivo de minar o seu
ex-chefe e assim impedir a sua empresa de vencer o prémio. O filme valeu o Prémio de Melhor Ator a Javier Bardem e o de Melhor Nova Atriz a Almudena Amor, nos CEC Awards (Círculo de Escritores Cinematográficos de Espanha), além de 30 outros galardões e 47 nomeações.

No dia seguinte, dia 8 de julho, entrará em exibição o filme “Belfast”, de Kenneth Branagh.

No ano de 1969 em Belfast, Irlanda do Norte, um menino de nove anos chamado Buddy encontra-se com a dura realidade do conflito sectário que marcou o início de vários episódios de violência denominados The Troubles. Residente de um outrora pacífico bairro de classe operária, a família de Buddy tenta ultrapassar a situação, enquanto o menino luta por entender a origem e a razão de todo o imbróglio. O filme venceu o Oscar de Melhor Argumento Original em 2022 e o prémio BAFTA na categoria de Outstanding British Film of the Year, além de 52 outros prémios e 237 nomeações.

Para finalizar a segunda semana, no dia 9 de julho, entrará em cena “Ambulância – Um Dia de Crime”, de Michael Bay.

O premiado veterano Will Sharp, desesperado por ganhar dinheiro com o objetivo de cobrir as despesas médicas da sua esposa, pede ajuda a Danny, seu irmão adoptivo. Danny, um criminoso conceituado, oferece-lhe em vez disso a possibilidade de realizar o maior assalto a um banco da história da cidade de Los Angeles e que renderia um total de 32 milhões de dólares. Pleno de ação, aventura e muito suspense, o ritmo frenético deste filme certamente prenderá os espectadores aos seus lugares durante toda a sessão.

Para dar início à terceira e última semana, no dia 14 de julho, será exibido o filme “A Belle Époque”, de Nicolas Bedos.

O desencantado sexagenário Victor vê finalmente a sua vida mudar do avesso quando Antoine, um engenhoso e brilhante empreendedor, lhe apresenta a possibilidade de, através da sua empresa, misturar o teatro com a reconstrução histórica e mergulhar numa época da história à sua escolha. Victor escolheu, então, reviver o período mais marcante da sua vida: aquele em que encontrou o seu grande amor. O filme venceu 6 prémios e obteve ainda 23 nomeações.

No dia seguinte, dia 15 de julho, será a vez de “A Odisseia dos Tontos”, de Sebastián Borensztein.

A história do filme leva-nos ao ano de 2001, na Argentina, após a Grande Depressão que havia acontecido no país onde Fermín, futebolista aposentado, e Lidia, sua mulher, decidem travar o declínio da comunidade de Alsina, lugar onde vivem, pelos seus próprios meios. O casal, assim convence uns quantos amigos, também desventurados, a embarcar numa odisseia rumo a um novo e próspero começo. O filme valeu o Prémio da Academia Argentina, na categoria de Melhor Atriz Secundária a Verónica Llinás, além de 3 outros galardões e 14 nomeações.

Para terminar a décima terceira edição do CineConchas, dia 16 de julho, o grande ecrã será dominado pelo filme de animação “Os Croods: Uma Nova Era”, de Joel Crawford.

Ainda em busca de um lugar onde assentar, após os eventos de “Os Croods” (2013), o patriarca pré-histórico Grug descobre um novo paraíso onde viver com a sua família. Não obstante, a família deve adaptar-se à vida junto dos Bettermans, uma família que se encontra uns furos acima dos Croods na escala da evolução. Doravante, uma nova ameaça obriga ambas as famílias a iniciar uma aventura onde terão de aceitar as diferenças entre os clãs, de modo a assegurar a sua sobrevivência. O filme obteve 30 nomeações a variadas categorias, com especial destaque à categoria de filmes de animação.

 

Sobre o CineConchas

Surgiu em 2008 a partir de uma ideia do Centro Social da Musgueira e do movimento cívico Viver Lisboa, com o propósito de criar um evento que permitisse a aproximação e o convívio entre as populações da Alta de Lisboa e, ao mesmo tempo, atrair espectadores de outras zonas de Lisboa aos espaços verdes da Quinta das Conchas. Quis também promover o Cinema de qualidade em toda a sua diversidade de géneros cinematográficos, estilos e nacionalidades. Desde então, o número de espectadores de cada edição tem crescido sem parar e o CineConchas transformou-se no maior e mais popular evento de cinema ao ar livre na cidade de Lisboa.

Quem organiza o CineConchas?

O CineConchas é organizado pelo Centro Social da Musgueira em parceria com a EGEAC E.M. e integra o programa oficial das Festas de Lisboa (www.festasdelisboa.com).

Mais informação no site do CineConchas (www.cineconchas.pt)
Facebook: CineConchas
Instagram: @cineconchas
Twitter: @cineconchas

Como chegar ao CineConchas?

A Quinta das Conchas pertence à Freguesia do Lumiar, e tem cinco entradas:

– Alameda das Linhas de Torres
– Rua Ladislau Patrício
– Rua Luís Pastor de Macedo (junto à saída da estação de Metro Quinta das Conchas)
– Rua Arnaldo Ferreira
– Avenida Eugénio de Andrade

Existem diversas alternativas de transportes públicos para chegar à Quinta das Conchas.

– Metro: Estação Quinta das Conchas – Linha Amarela.
– Autocarros Carris: 717, 736, 796, 798 (carreiras diurnas) e 207 (Rede de Madrugada).
– GIRA: Estações disponíveis no cruzamento da Alameda das Linhas de Torres com a Rua Ladislau Patrício, Rua Tobis Portuguesa (junto à saída estação de Metro da Quinta das Conchas), na Rua Luís de Freitas Branco e ainda na zona Norte do Jardim, junto à praça de táxis na Alameda das Linhas de Torres.

Para mais informações contactar:
Centro Social da Musgueira – Ana Barata (Diretora-Geral)
Telefone: 21 759 17 75 ; email: geral@csmusgueira.pt

Imagens disponíveis na galeria do site: http://cineconchas.pt/galeria.php

Jul 16, 2019

35 anos Alta de Lisboa

Foi fundada em 20 de junho de 1984 e já se passaram 35 anos. O tempo correu! Quem não se lembra de como tudo começou?...
Mar 20, 2019

Solidariedade, uma causa de todos

Solidariedade é uma palavra que indica a qualidade de solidário, para além de incorporar um sentimento de identificaç...