Festival Todos muda-se para Santa Clara para “acertar o mundo”

Set 2, 2021

A programação, que arranca a 11 de Setembro, vai promover o diálogo entre as antigas freguesias da Charneca e da Ameixoeira.

Cumprindo a sua vocação nómada, que dita a mudança de casa a cada três anos, o festival Todos está pronto para abraçar um novo território e continuar a sua caminhada intercultural pela cidade de Lisboa. A jovem freguesia de Santa Clara foi a escolhida. Criada em 2013 a partir da fusão da Charneca e da Ameixoeira, é rica em História e em estórias, muitas relacionadas com velhas rivalidades bairristas, que a programação prevista para os dias 11, 12, 18 e 19 de Setembro espera vir a apaziguar.

Para Miguel Abreu, o director do festival, o importante este ano será “acertar a diferença entre o tempo próprio e interior de Santa Clara e o tempo uno do mundo contemporâneo, procurando estimular o pensamento e a acção em busca do tempo certo”. O caminho é, assegura, o da aproximação e valorização das relações com as diferentes comunidades através de um programa rico em espectáculos, exposições, passeios, visitas, experiências e workshops, ao vivo e no digital, que sirva de pretexto para o convívio e nos resgate aos preconceitos.

Ago 28, 2018

Lisboa na rua

O “Lisboa na rua” volta a trazer a dança para os jardins da cidade, longe das pistas habituais. Quatro domingos, quat...
Mar 18, 2019

MIPIM 2019

Decorreu, entre os dias 12 e 15 de março de 2019, o MIPIM, onde pudemos conhecer os melhores projetos imobiliários no...
Jun 20, 2014

30 anos SGAL

A SGAL – Alta de Lisboa comemora o seu trigésimo aniversário Como tudo começou e para onde caminha Passaram já 30 an...